Turismo e Patrimônio Histórico

Atualizado: Out 15

Turismo de negócio!



Esse será um pilar do nosso resgate. E queremos que Santos seja uma cidade onde o turista seja, efetivamente, muito bem tratado, mas respeite a Cidade.

  • Tornar Santos a CAPITAL BRASILEIRA DO TURISMO DE NEGÓCIOS;

  • Ampliar a divulgação do nome da cidade e seus atrativos em feiras nacionais e internacionais de turismo;

  • Ampliar parcerias com redes hoteleiras, operadoras de turismo e de cruzeiros;

  • Liderar um movimento regional de fortalecimento e consolidação da COSTA DA MATA ATLÂNTICA;

  • Criar o ‘PASSAPORTE SANTOS’. Com um valor menor, o ticket dará acesso a todas as atrações turísticas públicas e dos parceiros privados que aderirem ao projeto;

  • Criar o ‘PASSAPORTE SANTOS – TURISMO CIDADÃO’, com um valor ainda menor que o pago pelo turista visitante, o morador de Santos terá acesso a todas as atrações turísticas públicas e dos parceiros privado que aderirem ao projeto. O mecanismo é adotado em cidades brasileiras, como Foz do Iguaçu;

  • Criar eventos noturnos que permitam conhecer não apenas a noite da cidade, mas a cidade à noite. Caminhadas noturnas monitoradas e a criação da noite dos museus, são alguns exemplos; Readequar a linha “Conheça Santos”, para uso do ônibus de dois andares tipo Double Deck, acompanhado de guias bilíngues;

  • Ampliar os pontos visitados pelo ‘Conheça Santos’, locais de embarque e desembarque e integração com o Bonde Turístico, além da participação no ‘PASSAPORTE SANTOS’; Realizar parcerias para implementar, de fato, o fantasioso programa ALEGRA CENTRO, revitalizando o ambiente, as vias, e os imóveis do abandonado, deteriorado e esvaziado Centro Histórico, onde o comércio e os escritórios estão sendo fechados a cada dia;

  • Agir para eliminar os armazéns em ruína, desde o Valongo até o armazém 8, criando inicialmente um water front, e aplicar o plano de 1980, que revitalizaria essa área vital para a sobrevivência do chamado Centro Histórico, como ocorreu em São Luiz, Recife, Belém, cuja degeneração era idêntica à de Santos;

  • Fortalecer a realização de eventos gastronômicos, que promovam a culinária regional com base no pescado e na agricultura da região;

  • Fomentar o ecoturismo, fazendo parcerias com outras secretarias para aproximar o turista do morador local, e da natureza, como o aproveitamento da Serra Velha, Ferrovia Santos-Jundiaí, Paranapiacaba. Temos potencial para gerar emprego e renda com o TURISMO SUSTENTÁVEL;

  • Estabelecer parcerias com as cooperativas de táxi e taxistas não cooperados para transporte de turistas com qualidade excelente e tarifas diferenciadas;

  • Criar um voucher de transporte a ser ofertado no check in do hotel, com validade pela estadia, permitindo que o turista utilize o transporte público de Santos sem custos;

  • Fomentar a criação de novos atrativos, como museus e roteiros diferenciados que valorizem a cultura e gastronomia caiçara (por exemplo, catraias com passeio pelos canais do porto e na Ilha Diana);

  • Resgatar a nossa cultura em bairros e áreas degradados e de grande valor histórico e potencial turístico pela beleza natural, traços arquitetônicos, música, artesanato ou culinária, como os morros, Zona Noroeste e Macuco-Estuário;

  • Fomentar feiras de apelo jovem, como o Santos - Comic Expo, incluído em nosso Calendário de Eventos e forte gerador de receita e fluxo turístico, além das competições esportivas, como o Triatlon.

15 visualizações
Cascione 90
Cascione 90
plano.png
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook - Cascione90
  • Twitter - Cascione 90
  • Instagram Cascione90
sr_branco.png

SANTOS/SP CNPJ: 39.000.113/0001-22  PROS CNPJ: 12.952.205/0001-56