Mundo Sustentável: Sustentabilidade - Luciano Cascione








A palavra sustentabilidade é repetida, muitas vezes de forma incessante, quando se discute o meio ambiente e sua relação com a economia, bem como suas implicações à sociedade.

No entanto, o uso da palavra, o discurso por assim dizer, pode ser considerado vazio quando, na prática, empresas, e também governos não assumem uma conduta realmente sustentável.

Limites para o exercício de atividades econômicas, a partir de políticas de proteção ao meio ambiente, são, portanto, transformar o discurso da sustentabilidade em prática.

Tais limites, originários de princípios de Direito Ambiental e inicialmente de discussões em fóruns internacionais sobre o tema Meio Ambiente, podem ser considerados não apenas limites, mas instrumentos que conciliam a proteção do meio ambiente com o desenvolvimento econômico.

Proteger o meio ambiente, não significa, necessariamente, ir contra o desenvolvimento.

Entretanto, seguindo regras, dentro dos limites da lei ambiental, o benefício não deve ser apenas econômico para alguns, mas socioambiental para a coletividade.

O licenciamento ambiental, por exemplo, se bem feito, é um instrumento capaz de propiciar essa integração. Ou seja, é possível estabelecer condições para diminuir os impactos negativos sobre o meio ambiente.

Com o licenciamento, portanto, devido ao seu caráter acima de tudo preventivo, contribui-se para a utilização racional do meio ambiente, limitando-se várias formas de degradação.

Busca



Newsletter

Cadastre o seu e-mail abaixo e receba as nossas newsletters:




Parceiros

Anuncie aqui Cascione Advogados Associados City Parking Melting-Pot Production